Resenha: A menina mais fria de Coldtown - Holly Black

-
Título: A menina mais fria de Coldtown
Autor(a): Holly Black
Editora: Novo Conceito
Páginas: 384
Ano: 2014
Avaliação da resenha:  

Sinopse: No mundo de Tana existem cidades rodeadas por muros são as Coldtowns. Nelas, monstros que vivem no isolamento e seres humanos ocupam o mesmo espaço, em um decadente e sangrento embate entre predadores e presas. Depois que você ultrapassa os portões de uma Coldtown, nunca mais consegue sair.
Em uma manhã, depois de uma festa banal, Tana acorda rodeada por cadáveres. Os outros sobreviventes do massacre são o seu insuportavelmente doce ex-namorado que foi infectado e que, portanto, representa uma ameaça e um rapaz misterioso que carrega um segredo terrível. Atormentada e determinada, Tana entra em uma corrida contra o relógio para salvar o seu pequeno grupo com o único recurso que ela conhece: atravessando o coração perverso e luxuoso da própria Coldtown.
A Menina Mais Fria de Coldtown, da aclamada Holly Black, é uma história única sobre fúria e vingança, culpa e horror, amor e ódio. Gostou? Adicione no skoob | Confira o book trailer

Comecei a ler esse livro sem saber muito bem como era a trama e me surpreendi bastante, já que não sabia que se tratava de uma história de vampiros.

"Coldtown era perigosa. Tana sabia disso. Uma jaula cheia de glamour. Uma prisão para os amaldiçoados e para todos os outros que desejaram se juntar a eles."

Para começo de conversa essa capa é incrível e fiquei apaixonada pelo livro apenas ao olhá-la (a editora manteve a capa original :D ). A diagramação também é perfeita, com letras de bom tamanho, bom espaçamento, com folhas amareladas e ainda por cima com 'manchas de sangue' nas páginas, como não se apaixonar né? Além disso em todos os capítulos encontramos uma citação mórbida para combinar com o ar sombrio do livro *-*

A história é narrada em terceira pessoa (3º) pelo ponto de vista da Tana, mas também abrange os pontos de vistas da Pearl (a irmãzinha da Tana) e de Gavriel. A leitura é bem fluída, com linguagem simples e direta, e apesar do livro ter esse clima sombrio a leitura não é mórbida, não dá para ficar assustada (apesar de ter umas cenas que deixa a gente com o coração na mão). A trama vai desenrolando tão facilmente o que torna difícil largar o livro, só que achei algumas das partes onde é narrada a história de Gavriel um tanto entediantes, mas nada que vá atrapalhar a leitura. 





O mundo está uma bagunça. Uma epidemia de vampirismo se alastrou em diversos países e cidades do mundo todo; a única forma que o governo achou de conter essa onda foi criar diversas zonas de quarentena nas cidades com maiores números de infectados; essas zonas de quarentena são chamadas Coldtowns. 


As Coldtowns são cidades construídas dentro de outras cidades, um lugar protegido por altos muros, com símbolos de proteção para conter os vampiros, onde os prisioneiros é que estão no comando; as regras são deles: os dias viraram noites e as noites dias. Só que as Coldtowns não abrigam apenas os monstros, também há inúmeros humanos que vão para lá por livre e espontânea vontade; alguns infectados, doentes terminais e vários outros que vão atrás de seus sonhos de serem transformados, a promessa de vida eterna. Só que a passagem para Coldtown é só de ida, sair de lá é missão quase impossível.


Se uma pessoa que tivesse ficado Resfriada bebesse sangue humano, a infecção sofria uma mutação. Matava o hospedeiro e então o erguia novamente dos mortos, Mais Frio do que antes. Completamente Frio, para sempre e eternamente. - Página 15

A epidemia começou quando um vampiro saiu de cidade em cidade só bebendo um pouco do sangue das pessoas, deixando-as vivas. As pessoas que foram mordidas ficaram infectadas, ou seja Resfriadas, sem ter nenhum conhecimento apenas seguiam seus instintos e machucavam outras pessoas para tomarem seu sangue e com isso morriam e acordavam vampiras, e o ciclo continuou até ficar fora do controle.

Tana é uma garota comum (ou quase isso) e o livro começa quando ela acorda dentro de uma banheira, na casa de fazenda onde os adolescentes passavam a noite festejando, e descobre que todos os seus amigos e colegas de escola estão mortos. Ao tentar planejar uma rota de fuga descobre num quartinho seu ex-namorado Aidan amarrado numa cama (que por acaso está Resfriado) e um vampiro amordaçado acorrentado aos pés da cama, conhecido como Gavriel. Atordoada com tudo o que está acontecendo Tana resolve salvá-los e o que parece ser uma missão impossível vira uma aventura de carro rumo aos portões da Coldtown mais famosa: Springfield.

Gavriel ficou sentado, completamente imóvel. Dentro dele agitava-se tamanho turbilhão que ele temia, caso se movesse, esmagar todos os móveis no recinto, rachar todos os painéis de todas as janelas até que não houvesse nada além de lascas reluzentes do que a sala tinha sido. - Página 153

Só que as coisas não são tão simples assim; Gavriel não é apenas um vampiro, é algo totalmente diferente, um ancestral em busca de vingança. Em sua fuga Tana foi arranhada e pode também estar Resfriada e Aidan está cada vez mais fora de controle, as suas horas estão contadas, sem falar que eles encontram um casal de gêmeos, Midnight e Winter, super estranhos que prometem muita confusão. Super Recomendado.

E aí ficou curioso?? Então fique ligado que em breve teremos um sorteio desse livro *-*


A Morte bebe a calidez das pessoas até que suas veias estejam secas. A Morte se esquece do controle. Os vampiros mais velhos podem ficar gastos e cuidadosos, mas aqueles recém-transformados querem se empanturrar e, às vezes, tolamente, eles cedem à Morte e o fazem. - Página 229

PS: Não esqueçam de ver o book trailer (que parece bem mais assustador do que o livro), o link está embaixo da sinopse :)

Beijinhos e até mais!!!

4 comentários:

  1. Oi Ana,

    Parabéns pela resenha, estou louca para ler esse livro, mas ainda não tive oportunidade.

    Espero ler em breve.

    Beijos

    www.lindaestante.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada Vanessa *-* Não seja por isso, estamos sorteando um exemplar desse livro, se inscreva quem sabe tenha sorte de ganhar *-*
      bjs

      Excluir

© As Aventuras da Ana - 2015. Todos os direitos reservados.Criado por: Ana Valentina. Tecnologia do Blogger.